Categorias
Projetos

NDA: Termo de confidencialidade para aplicativos e software

Sua empresa possui uma ideia para o projeto de criação de um aplicativo mobile, mas teme expor detalhes aos desenvolvedores devido à suposta quebra de confidencialidade?

Saiba que para esses casos existe o termo de confidencialidade (NDA), que poderá ajudar a sua empresa a ter o seu próprio aplicativo sem que o projeto seja confidencialmente comprometido ao longo do desenvolvimento. Acompanhe os detalhes a seguir e saiba mais sobre este assunto.

O que é o Termo de Confidencialidade (NDA)?

O acordo de não divulgação (NDA), conhecido também por acordo/termo de confidencialidade (CA), é um contrato legal firmado entre pelo menos duas partes, para descrever um material, conhecimento ou informação que desejam compartilhar entre si para determinados fins, mas que ao mesmo tempo desejam restringir acesso a terceiros.

Em outras palavras, um NDA é um contrato que cria um relacionamento confidencial entre as partes para proteger qualquer tipo de informação ou segredos comerciais confidenciais e proprietárias.

Quer um exemplo? Se sua empresa deseja desenvolver um aplicativo mobile, mas não gostaria que informações do projeto ou quaisquer detalhes sejam divulgados pelo desenvolvedor, então neste caso, basta fazer uso do NDA para restringir o acesso às informações.

Tipos de Termos de Confidencialidade

Um termo de confidencialidade pode ser classificado da seguinte maneira:

  1. Unilateral: Neste tipo de acordo, apenas uma das partes irá divulgar informações e a outra irá recebê-las. No caso, a parte receptora se compromete a não divulgar os dados recebidos.
  2.  Bilateral: Ambas as partes irão divulgar informações entre si e ambas se comprometem a não divulgar o que receberam da outra parte.
  3.  Multilateral: Promove graus diferentes de comprometimento das informações compartilhadas. Neste caso, algumas empresas determinam informações próprias sigilosas, já outras apenas cumprem o sigilo.

Vantagens de um NDA

Optar pelo Termo de Confidencialidade pode trazer diversas vantagens para a sua empresa. Confira algumas delas:

  • Reduz as chances de que dados críticos da sua organização sejam divulgados, uma  vez que o contrato define penalidades para quem descumpre as cláusulas de confidencialidade;
  • Evita que a concorrência tenha acesso a informações importantes;
  • Facilita o acionamento jurídico no caso de vazamento de informações confidenciais, o que economiza tempo e recursos para a empresa e aumentam as chances de ganhar causas por quebra de sigilo.

Além de uma boa ideia

Não dá para negar que os recursos apresentados por um NDA são fundamentais para manter o sigilo de boas ideias, o que também colabora para que o projeto tenha o sucesso esperado.

Contudo, além de contar com um acordo de confidencialidade para proteger determinadas informações, é possível destacar que o sucesso de um aplicativo vai além. Ou seja, para que a sua empresa desenvolva um bom aplicativo, também é fundamental contar com uma boa equipe de desenvolvedores e um bom planejamento.

Nós da Dub Soluções, somos especialistas no desenvolvimento de aplicativos mobile e podemos ajudar a sua empresa a ter o seu próprio aplicativo por meio de um projeto que satisfaça as suas necessidades em quesitos como, confidencialidade, prazos, qualidade e muito mais. 

Portanto, se você pretende desenvolver o seu aplicativo, mas ainda teme a divulgação de informações, saiba que pode confiar na Dub Soluções como o seu parceiro ideal nesta jornada.

E você, pretende desenvolver um aplicativo para a sua empresa, mas deseja manter certas informações em sigilo? Conte com a Dub Soluções!

Categorias
Projetos

5 Ferramentas para desenvolvimento de aplicativos

O desenvolvimento de um aplicativo é realizado por uma série de etapas, que ao término de cada uma delas, compõe o projeto final que é entregue ao usuário comumente em app stores. Contudo, para cada etapa de um projeto de criação de aplicativo, é importante o uso de certas ferramentas que auxiliam os desenvolvedores na automação de processos, manipulação de informações e até mesmo mensuração de dados relevantes para a criação de um bom aplicativo.

E pensando neste assunto, separamos a seguir 5 ferramentas para o desenvolvimento de aplicativos para que você possa conhecê-las. Confira!

  1. Trello

O Trello é uma ferramenta utilizada para a gestão de projetos e pode ser perfeitamente utilizado para a gestão de projetos de aplicativos mobile.

A grande vantagem dessa ferramenta é a sua versatilidade, sendo possível ajustá-la conforme as necessidades de cada usuário. Além disso, é possível organizar tarefas, etapas do projeto, estipular e identificar prazos, entre outras funções. Outro ponto bastante interessante no Trello, é a possibilidade dele ser utilizado tanto individualmente, quanto compartilhado com uma equipe.

O Trello pode ser acessado através de um navegador de internet como Chrome, Internet Explorer, Mozilla, entre outros. A ferramenta também está disponível para Google Play e iTunes e até mesmo no app de Windows 8 e de Kindle Fire.

Para saber mais acesse: trello.com

2. Invision

O Invision é uma ferramenta online que possibilita a criação de protótipos para testes de UX de maneira ágil e eficiente. O grande destaque do Invision fica na fidelidade dos protótipos criados, uma vez que eles são melhores do que os feitos por outras ferramentas.

Com apenas alguns cliques é possível criar protótipos e ao término, a própria ferramenta adiciona algumas animações e transições para torná-lo clicável.

Outro ponto relevante do Invision está no fato dele fornecer um link para executar o protótipo em smartphones, possibilitando utilizá-lo como se fosse um aplicativo baixado da app store.

A possibilidade de se relacionar com clientes para colher feedback deles, também é um recurso muito importante para ajudar na criação de aplicativos mais adequados aos usuários.

Para saber mais acesse: invisionapp.com 

3. Mobizen

O Mobizen é uma ferramenta muito indicada para testes de aplicativos. A sua proposta é permitir acessar arquivos e usar aplicativos do Android pelo computador com Windows.

A grande vantagem dessa ferramenta é que a tela do smartphone ou tablet é reproduzida de maneira interativa, sendo possível utilizar o teclado e o mouse do computador para testar aplicativos.

A ferramenta pode ser utilizada no computador tanto por meio de um navegador, quanto por meio de um programa para PC.

Para saber mais acesse: www.mobizen.com/?locale=pt

4. Appanalytics

O Appanalytics é uma das melhores ferramentas para que os desenvolvedores possam aprimorar cada vez mais seus aplicativos. Por meio dela, é possível monitorar todo o comportamento do usuário em tempo real e coletar diversas informações a respeito da usabilidade do app.

Dentre as principais funcionalidades da ferramenta, podemos destacar os mapas de calor e reconhecimento de gestos dos usuários, sendo úteis para verificar onde e como os usuários interagem com a aplicação.

Além disso, é possível descobrir também quais telas têm uma taxa mais elevada para o usuário abandonar o aplicativo e quais telas estão causando alguma confusão.

A ferramenta é compatível com as plataformas iOS, Android, Windows Phone e Windows Desktop.

Para saber mais acesse: appanalytics.io/Index

5. Bitbucket   

O BitBucket é uma ferramenta utilizada para hospedagem de softwares e controle de versões de código fonte baseado em Mercurial ou GIT. Similar ao GitHub, o Bitbucket possui um serviço gratuito e um comercial.

Por meio dele é possível ter o controle de todas as modificações que foram realizadas ao longo do projeto com um histórico completo de edições, mostrando quem realizou a edição, data da edição, quais foram os pontos alterados e o motivo de realizar essa alteração.

Para saber mais acesse:  bitbucket.org

E você, deseja saber mais sobre projetos e desenvolvimento de aplicativos? Conheça a Dub Soluções!

Categorias
Projetos

A importância da Prototipagem em aplicativos

Para desenvolver um aplicativo de sucesso, é importante que todas as etapas do projeto sejam baseadas em validação e não em hipóteses. Em outras palavras, é preciso testar cada funcionalidade do app antes de colocá-lo em produção.

Neste cenário, uma das melhores estratégias que auxilia os desenvolvedores a serem mais assertivos é a prototipagem, que consiste na criação de modelos reais do aplicativo para testar a usabilidade, otimização e demais conceitos.

Acompanhe os detalhes a seguir para entender a importância da prototipagem em aplicativos e saiba como a Dub Soluções utiliza este conceito em seu dia a dia.

Prototipagem em aplicativos: qual a sua importância?

A prototipagem é fundamental em todo processo de produção e quando o assunto é o desenvolvimento de aplicativos, também não é diferente.

Por meio dela, é possível impedir que fatores funcionais importantes sejam esquecidos no projeto de um aplicativo. Além disso, é possível impedir que suposições baseadas no “achismo” sejam aplicadas no projeto. Isto significa que, sem o uso da prototipagem, um projeto de aplicativo acaba desperdiçando tempo, investimentos e esforços por pensar no produto final apenas mentalmente e deixando de lado possíveis problemas que podem ocorrer no uso real.

Vantagens da Prototipagem em aplicativos

A prototipagem em aplicativos fornece diversas vantagens e dentre elas podemos destacar:

  • Ajuda a encontrar problemas antes do aplicativo ser desenvolvido;
  • Auxilia no relacionamento com o cliente, uma vez que ele pode acompanhar a evolução do projeto;
  • Verifica se o produto será bem aceito no mercado;
  • Coleta o feedback dos usuários, dando maior embasamento na hora de realizar ajustes das funcionalidades do aplicativo;

Ferramenta para prototipagem

Dentre as diversas ferramentas de prototipagem de aplicativos existentes no mercado, nós da Dub Soluções utilizamos a InVision, uma ferramenta online que permite criar protótipos para testes de UX de maneira rápida e eficiente.

Conhecida pela criação de protótipos com uma fidelidade maior do que os feitos por outras ferramentas, com o Invision é possível criar protótipos de maneira ágil com apenas alguns cliques. Assim, quando o protótipo é finalizado, a própria ferramenta adiciona algumas animações e transições para torná-lo clicável.

Além disso, o Invision também oferece um link para executar o protótipo em smartphones, possibilitando utilizá-lo como se fosse um aplicativo baixado da app store.

Outra característica importante desta ferramenta no processo de desenvolvimento de aplicativo, é a possibilidade de se relacionar com clientes colhendo o feedback deles. Isto significa que os clientes podem testar o protótipo e clicar em qualquer lugar no projeto para deixar comentários ou responder ao comentário de outro usuário.

Sem dúvidas, o processo de prototipagem é fundamental para o desenvolvimento de um aplicativo adequado e com um bom nível de aceitação no mercado.

E agora que você já conhece a importância deste conceito, que tal começar a esboçar o projeto do aplicativo da sua empresa? Para isso, conte com a Dub Soluções para te auxiliar na criação de protótipos que lhe darão uma visão da aceitação do seu projeto no mercado, bem como os ajustes necessários para lançar um app de sucesso.

Ficou com alguma dúvida a respeito de prototipagem em aplicativos? Deixe seu comentário!

Categorias
Projetos

A importância dos Frameworks para a construção de apps

Já falamos por aqui sobre o que são os aplicativos híbridos e você já deve saber que são aplicações baseadas em web que ao mesmo tempo conseguem acessar recursos nativos dos dispositivos.

Mas como será que eles são desenvolvidos? A grande sacada para o desenvolvimento desse tipo de aplicativo, está no uso de frameworks.

Ainda não entendeu nada? Continue acompanhando os detalhes a seguir e entenda mais sobre este assunto:

O que são os frameworks e para que eles servem?

Imagine que você precise cortar um quadrado de papel com as dimensões de 5x5cm. Certamente você não teria dificuldades em executar tal tarefa, não é mesmo? 

Mas imagine ter que cortar 1000 unidades, provavelmente você teria dificuldades e possivelmente essa tarefa se tornaria inviável. Mas por outro lado, se você fizesse um molde para cortar os papeis na mesma dimensão, então o trabalho poderia ser automatizado.

Para compreendermos o que é um framework, temos que analisar a função do molde no exemplo acima. Ou seja, um framework é um conjunto de ferramentas ou classes que ajudam os desenvolvedores no processo de desenvolvimento de aplicações, sejam elas sistemas web, aplicativos mobile, entre outros.

Frameworks mais comuns no desenvolvimento de aplicativos

Quando se fala em frameworks para o desenvolvimento de aplicativos, é preciso ter em mente que existem diversas opções, cujas características podem se assemelhar em alguns casos. A seguir listamos os principais frameworks que nós da Dub Soluções utilizamos nos projetos de desenvolvimento de aplicativo de nossos clientes.

IONIC

O Ionic é um framework criado em 2013, sendo utilizado para o desenvolvimento de aplicativos híbridos em multiplataforma, ou seja, ele trabalha corretamente em plataformas como iOS, Android, Windows Phone, entre outros.

Seu grande diferencial está no fato de ser um framework open source, além de ser ideal para o aumento de produtividade no desenvolvimento de aplicativos e de fácil aprendizagem. 

Em seu leque de recursos, o Ionic possibilita o desenvolvimento de aplicativos móveis com tecnologias web como, HTML5, CSS e Javascript, além do uso do AngularJS para renderização do front-end.

Para saber mais, acesse: www.ionicframework.com

XAMARIM

Outro framework para o desenvolvimento de aplicativos que entra na lista, é o Xamarin. Ele utiliza a linguagem C# (C-Sharp) para o desenvolvimento de apps com um alto nível de compatibilidade entre as diferentes plataformas.

Em linhas gerais, o Xamarin se mostra como um excelente framework para amenizar a necessidade de se desenvolver o mesmo aplicativo em diferentes plataformas, contudo, ele não promete eliminar completamente o esforço de duplicidade, sendo que em 70% a 90% das vezes é possível aproveitar códigos em diferentes plataformas.

Para saber mais, acesse: www.xamarin.com

CORDOVA

O Apache Cordova é um framework muito utilizado para o desenvolvimento de aplicativos mobile híbridos, no qual conta com APIs que possibilitam o desenvolvedor acessar funções nativas do dispositivo, como câmera, GPS, entre outros.

Seu desenvolvimento é baseado em HTML, CSS e JavaScript, havendo também a possibilidade de utilizar outros frameworks em conjunto como, por exemplo, jQuery Mobile, Dojo Mobile, Sencha Touch, Ionic, Lungo, Mobile Angular UI.

Para saber mais, acesse: cordova.apache.org

Sem dúvidas o grande desafio de desenvolver aplicativos híbridos, é a necessidade de programar o mesmo projeto para plataformas diferentes. E neste caso, os frameworks surgem como excelentes ferramentas para facilitar a vida dos desenvolvedores.

Nós, da DUB Soluções, somos especializados no desenvolvimento de aplicativos mobile e podemos ajudar a sua empresa a contar com o seu próprio aplicativo, utilizando frameworks conforme as necessidades do seu projetos. 

E você, quer saber mais como criar aplicativos híbridos? Conte com a Dub Soluções!

Categorias
Projetos

Testes em aplicativos

Não há como negar que os aplicativos mobile têm se tornado cada vez mais importantes e presentes na vida das pessoas. E neste cenário, as empresas também estão aproveitando para destacar suas marcas por meio desta tecnologia, afinal, é preciso estar presente onde os olhos do público está apontado.

Mas apesar desta tecnologia ser considerada recente, já é possível observar muitos projetos de aplicativos fracassarem ao serem lançados com erros, incompatibilidades entre aparelhos, lentidão, dentre outros problemas que faz qualquer usuário desistir de utilizá-los. E para evitar que isto ocorra, torna-se necessário realizar testes em aplicativos antes mesmo de lançá-los ao mercado.

Acompanhe os detalhes a seguir e saiba mais sobre a importância de incluir testes durante o desenvolvimento de um aplicativo.

O que são testes em aplicativos?

Este é uma etapa de desenvolvimento em que se realiza testes com o objetivo de encontrar alguma ocorrência inesperada e posteriormente corrigi-las, antes de entregar o aplicativo ao público. Além disso, a etapa de testes também busca avaliar se o aplicativo está cumprindo com o objetivo para o qual foi desenvolvido.

No geral, os testes de aplicativos visam identificar erros e falhas como mau desempenho, segurança, usabilidade entre outros fatores que possam comprometer a experiência do usuário. 

Importante: Apesar de serem comuns durante o desenvolvimento do aplicativo, os testes também podem ser realizados após o seu desenvolvimento com o objetivo de identificar possíveis problemas e posteriormente lançar atualizações do aplicativo com as devidas correções.

Como são feitos os testes?

Com o objetivo de otimizar o trabalho, o testador ou equipe de testes, pode utilizar ferramentas de automatização. Deste modo, é possível obter um ganho de tempo muito grande, já que a ferramenta pode realizar testes pré-gravados de forma automática e mais ágil.

Neste caso, cada empresa costuma utilizar estratégias diferentes para a etapa de testes. Contudo, independente da forma como o aplicativo é testado, alguns pontos relevantes são analisados durante esta etapa. São eles:

Desempenho: é observada a velocidade de carregamento das páginas e requisições no aplicativo. É neste tipo de teste que são encontrados e corrigidos travamentos de tela e fechamentos inesperados do aplicativo devido a sua má performance.

Usabilidade: São observados os pontos que impactam diretamente na experiência dos usuários. São nesses testes que são avaliados, por exemplo, se as nomenclaturas dos botões são adequadas, o tamanho do texto para telas pequenas, organização do conteúdo, o nível de entendimento dos termos utilizados, dentre outros detalhes.

Segurança: Nos testes de segurança são verificadas possíveis vulnerabilidades que possam comprometer os dados dos usuários do aplicativo. Assim, é possível entregar um aplicativo mais confiável ao público.

Compatibilidade: Durante os testes de compatibilidade são analisados possíveis erros funcionais exibidos durante os fluxos de teste de acordo com cada aparelho e sistema operacional. São esses testes que garantirão que o aplicativo funcione em aparelhos diferentes e até mesmo em versões diferentes de um mesmo sistema operacional.

Importância dos testes de aplicativos

De maneira geral, os testes são de grande importância para que se possa minimizar a quantidade de falhas e entregar um aplicativo sem bugs e demais erros que possam comprometer a experiência dos usuários.  Afinal, os usuários de aplicativos móveis estão cada vez mais exigentes e podem facilmente descartar um aplicativo ao encontrarem erros e problemas que possam impedi-los ou dificultá-los de utilizá-lo.

Neste caso, além de possivelmente proporcionar uma experiência negativa para o usuário, um aplicativo desenvolvido sem a etapa de testes também pode afetar os cofres da empresa. A prova disso é que mesmo com uma ideia original e inovadora, o projeto de um aplicativo pode fracassar devido ao baixo nível de aceitação dos usuários. Portanto, ao contratar um desenvolvedor para o aplicativo da sua empresa, vale a pena avaliar se o projeto irá contar com a etapa de testes.

Sem dúvidas o universo móvel é a novidade da vez. E para se tornarem mais competitivas, as empresas estão apostando cada vez mais na criação de aplicativos mobile para estarem presentes para os seus públicos. No entanto, conforme vimos acima, apenas o aplicativo em si não consegue sobreviver e se sobressair sozinho.

Desta forma, para se obter sucesso com um aplicativo próprio, é fundamental que o projeto de desenvolvimento conte com rigorosas etapas de testes capazes de identificar e corrigir problemas que afetam a qualidade do aplicativo.

Nós da Dub Soluções somos especialistas no desenvolvimento de aplicativos e contamos com uma excelente equipe e estrutura adequada para realizar todos os testes necessários durante a criação de um app. Portanto, se a sua empresa pretende desenvolver um aplicativo de qualidade que atenda as expectativas dos usuários, então conte conosco!

E você, deseja desenvolver um aplicativo de qualidade? Conte com a Dub Soluções

Categorias
Projetos

Servidor para aplicativos

Você já deve saber que um website precisa estar hospedado em um servidor para poder funcionar corretamente. O mesmo ocorre com aplicativos web ou híbridos, que precisam se conectar à internet para executar determinadas funções. 

Ou seja, esses aplicativos precisam de um servidor para executar atividades como armazenamento de dados dos usuários, intermediação sistemas de pagamento, armazenamento de páginas HTML, entre outras funções.

Mas afinal, como escolher um aplicativo adequado para o seu tipo de projeto? E para responder a essa dúvida, separamos a seguir algumas dicas para lhe auxiliar nesta tarefa. Confira!

Escolhendo um servidor ideal

Escolher um servidor para aplicativos ideal para um determinado projeto nem sempre é uma tarefa fácil. Entretanto, observando-se alguns fatores é possível realizar uma escolha mais segura e efetiva. São eles:

Tipo de aplicação a ser executada: A linguagem utilizada, bem como as bibliotecas e APIs necessárias para o desenvolvimento do aplicativo, são um dos fatores mais importantes na hora de escolher um servidor para o seu projeto de aplicativo. Isso significa que dependendo da tecnologia utilizada, o servidor pode não suporta-la. Portanto, vale a pena listar os recursos do aplicativo e verificar se o servidor poderá comportá-los.

Tamanho do público-alvo: Para se escolher um servidor adequado, também é preciso levar em consideração o tamanho do público-alvo. Isso significa que se o seu aplicativo tiver um alto volume de acessos, então será necessário um servidor que suporte o elevado número de requisições, caso contrário, o aplicativo ficará intermitente nos picos de acessos.

Espaço em disco: Para aplicativos que irão trabalhar com um elevado volume de informações em banco de dados, também é importante avaliar se o servidor a ser contratado possui espaço suficiente.

Nível de Segurança: O nível de segurança também é um assunto a ser avaliado na hora de contratar um servidor para aplicativos. Algumas aplicações como e-commerce e gerenciamento de pagamentos, precisam obrigatoriamente contar com recursos avançados de segurança para proteger os dados dos usuários. Portanto, vale a pena ficar atento a este assunto também.

Modelos existentes

Além dos pontos citados anteriormente, é preciso observar também a reputação da empresa que oferece o serviço de hospedagem, bem como a qualidade do suporte técnico e por fim, o custo-benefício para hospedagem do aplicativo.

Atualmente já é possível encontrar uma grande quantidade de empresas que atuam no modelo PaaS (Plataforma como Serviço). Windows Azure, AWS SDK, Google e CloudMine, são alguns dos exemplos. Nós da Dub Soluções, atualmente utilizamos os serviços da Heroku e da King Host em nossos projetos. Confira abaixo uma breve descrição de cada uma delas:

Heroku

O Heroku é uma das opção mais populares de servidores para hospedagem de aplicativos. Por meio deste serviço, é possível escrever os aplicativos utilizando práticas moderna de desenvolvimento, além da possibilidade de utilizar banco de dados SQL, NoSQL, Memcached, e muitos outros.

Atualmente o Heroku suporta Ruby, Node.js, PHP, Pyton, Scala, Java e Clojure.

King Host

Conhecida pelo tradicional serviço de hospedagens de sites, a King Host também atua com hospedagem de aplicações, suportando diversos ambientes de programação e frameworks. Atualmente a King Host suporta Node.Js, Java, Coldfusion, Ruby on Rails, Python, Django e Web2py.

Sem dúvidas, a escolha adequada de um servidor para aplicativos é uma das peças fundamentais para o desenvolvimento de um bom projeto. Portanto, conforme se pode observar, antes de sair contratando uma empresa, é importante avaliar as reais necessidades do seu aplicativo para fazer uma escolha certeira.

E você, deseja desenvolver um aplicativo de qualidade? Conte com a Dub Soluções

Ficou com alguma dúvida sobre servidores para aplicativos? Deixe o seu comentário!